Warning: Cannot use a scalar value as an array in /home/reden294/public_html/libraries/cms/html/html.php on line 620

Warning: Cannot use a scalar value as an array in /home/reden294/public_html/libraries/cms/html/html.php on line 621

Warning: Cannot use a scalar value as an array in /home/reden294/public_html/libraries/cms/html/html.php on line 622

Warning: Cannot use a scalar value as an array in /home/reden294/public_html/libraries/cms/html/html.php on line 623

DEVOCIONAL SEMANAL
SEMANA 05/03—11/03

Fruto do Espírito: Fidelidade
Texto: Gl 5:22,23; Sl 119:30

Introdução
A fidelidade bíblica é resumida na qualidade de ser cheio de fé. Tudo o que um homem vivencia no Reino de Deus está pautado na sua fé em Jesus Cristo, ou seja, na sua fidelidade ao Senhor Jesus. A expressão concreta da fé bíblica consiste na fidelidade do homem para com Deus, e não somente em uma espécie de crença teorizada e não praticada. A fé em Cristo Jesus manifesta fidelidade a Deus, e a fidelidade a Deus está edificada na fé. E é justamente o Espírito Santo quem produz essa importantíssima característica de fidelidade a Deus no coração cristão.
O salmista expressa: “Escolhi o caminho da fidelidade; diante de mim pus as tuas ordenanças” (Sl 119:30). Ser fiel a Deus é realmente uma escolha. Aliás, viver o Evangelho é acima de tudo, um escolha pessoal e intransferível. Ninguém pode viver o Evangelho pautado na fé do outro, e muito menos estar em Cristo através da fidelidade a Deus que o outro tem. Cada um precisa fazer as suas escolhas, e ser fiel ao Senhor Jesus Cristo é uma escolha.
O fruto fidelidade produzido pelo Espírito Santo na vida cristã está fundamentado na crença em Deus e na mais profunda confiança de que o Senhor Jesus está no controle de tudo. Ao ter esta fé o discípulo de Jesus é moldado pelo Espírito Santo a ser mais consistente, a ser mais fiel aos parâmetros do Reino de Deus. Portanto, o fruto do Espírito é dado como uma qualidade ou um atributo; e a fidelidade é o atributo de quem tem fé em Jesus Cristo.

CONTEÚDO

PRINCÍPIOS BÍBLICOS DE FIDELIDADE
1.Fidelidade e renúncia
A fidelidade a Deus inclui renunciar por Jesus Cristo. Sob este aspecto, a fidelidade está diretamente associada com a capacidade de suportar o “abrir mão” das próprias vontades em prol do Reino de Deus. Esse processo de renunciar a si mesmo quase nunca é fácil, e por isso, precisa ser uma obra realizada pela atividade sobrenatural do Espírito Santo.

2. Fidelidade e votos
A fidelidade como fruto do Espírito tem muito a ver com a moral e a ética cristã. Ou seja, na maneira como o cristão conduz a sua vida. O fruto fidelidade estabelece um padrão de responsabilidade que o discípulo de Jesus tem em como conduzir suas palavras e ações. Carregar o nome de Cristo em sua vida faz do homem alguém cujo há uma exigência de cumprimento prático dos votos de fé que expressou com os lábios ao se entregar a Jesus Cristo.

3. Fidelidade e lealdade
A fidelidade produzida pelo Espírito Santo torna indistintamente o homem leal a Jesus Cristo, e consequemente leal as manifestações do Reino de Deus na Terra. O cristão é leal a Bíblia quer esteja sendo observado, quer não. Sua lealdade a Deus está fundamentada na sua fidelidade produzida pelo Espírito Santo.

4. Fidelidade e consistência
O cristão precisa ser consistente em sua caminhada no Evangelho, e esta consistência se dá justamente através da sua fidelidade a Jesus Cristo. Por mais desafiador que seja viver a Bíblia na prática, o propósito de Deus é que o cristão seja consistente em seus passos de santificação.

5. Fidelidade e mordomia
Tudo o que o homem faz em suas atividades ministeriais não pertence a ele, homem. Tudo o que diz respeito ao Reino de Deus, pertence exclusivamente a Deus, e o homem é o mordomo de tudo isso. Ou seja, o homem é quem cuida e administra mediante a concessão do dono, que é Deus. Portanto, é imprescindível que o cristão seja fiel em desenvolver tudo o que está em suas mãos de acordo com o propósito de Deus.

Conclusão

A Bíblia tem exemplos de Gênesis a Apocalipse de personagens que foram fiéis a Deus, e como consequência viveram no centro da vontade de Deus. Abaixo, alguns destes exemplos:
Noé construiu a arca, e fez tudo conforme Deus lhe ordenara.
Abraão ouviu a voz de Deus e partiu em direção ao projeto de Deus para a sua vida.
Moisés abriu mão de todo conforto e posição social que tinha na corte para ser fiel aos propósitos de Deus para a sua vida.
Pedro, depois de cheio do Espírito Santo, se tornou um grande líder da igreja e um pregador do Evangelho.
João foi fiel ao Jesus Cristo mesmo estando abandonado na ilha de Patmos, onde teve a revelação das últimas coisas.
Paulo não mediu esforços para expressar sua fidelidade a Jesus Cristo e propagou o Reino de Deus continuamente.
Ainda muitos outros personagens bíblicos poderiam ser citados, mas o fato principal é que todos aqueles que se entregaram a Deus expressaram a fé com fidelidade ao Senhor Jesus nas suas vidas.
Deus já demonstra desde de sempre o quanto é fiel em Suas promessas. Tudo o que Deus prometeu a humanidade Ele cumpriu, está cumprindo, ou cumprirá. A questão é que há o ser humano na outra ponta deste cumprimento de promessas. Deus sempre faz a parte d’Ele, já o homem precisa escolher ser fiel a Deus para que consiga usufruir de todos os benefícios que o Senhor Jesus tem como proposta para ele viver.
Deus afirma uma promessa magnífica em Sua Palavra: “Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que estejam comigo; o que anda num caminho reto, esse me servirá” (Sl 101:6). Isso é muito forte!

ESTUDO DA CÉLULA
SEMANA 05/03—11/03

QUEBRA-GELO: Quantas horas de sono são suficientes para você acordar bem e ter um dia produtivo?

EXALTAÇÃO: À critério do líder.

EDIFICAÇÃO: Gl 5:22,23; Sl 119:30
Com quais atitudes você acredita que expressa a sua fidelidade a Deus?

 

Baixe O estudo em PDF

devocional download